quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Meu caminho de rochas intransponíveis


Meu caminho de rochas intransponíveis
Que escureciam os meus dias
Traziam o frio e o desamor

Você me trouxe luz
Transformando as rochas em pedras
Segurando minhas mãos
Ergueu-me em seus braços
Mesmo descalça as pedras não impediram meu caminho

Aos poucos
Nos abaixamos sorrindo
Admirando cada uma delas
Que de tão pequenas
As jogamos no mar

(Michele Michel)

Nenhum comentário:

Postar um comentário